O Despertar Árabe

Mesmo os observadores mais experientes do Oriente Médio ficaram surpresos com os eventos do início de 2011. Protestos nascidos da opressão e da frustração socioeconômica irromperam nas ruas; a agitação pública provocou uma reação violenta da polícia; caíram as ditaduras de longa data. Como tudo isso aconteceu? Como pode ser o futuro e quais são as ramificações prováveis ​​para os Estados Unidos e o resto do mundo? Dentro O Despertar Árabe , especialistas da Brookings Institution abordam essas questões para dar sentido a esta região tumultuada que permanece no centro dos interesses nacionais dos EUA.

o que é um governo unificado

A primeira parte de O Despertar Árabe oferece amplas lições, analisando os principais aspectos da turbulência no Oriente Médio, como as tendências da opinião pública na Rua Árabe; o papel da mídia social e da tecnologia; condições socioeconômicas e demográficas; a influência dos islâmicos; e o impacto da nova ordem política no processo de paz árabe-israelense.

A próxima seção analisa os próprios países, encontrando pontos em comum e agrupando-os de acordo com as evoluções políticas que ocorreram (ou não) em cada país. A seção oferece uma visão da situação atual e possível trajetória de cada grupo de países, seguido por estudos nacionais individuais.



O Despertar Árabe traz todos os recursos do Brookings para dar sentido ao que pode vir a ser o movimento geopolítico mais significativo desta geração. É uma leitura essencial para quem deseja compreender esses desenvolvimentos e suas consequências.

plano de resgate americano de crédito fiscal premium antecipado

Detalhes do livro

  • 381 páginas
  • Brookings Institution Press, 4 de novembro de 2011
  • Brochura ISBN: 9780815722267
  • Ebook ISBN: 9780815722274
  • Ebook ISBN: 9780815722274

sobre os autores

Kenneth M. Pollack é membro sênior da Brookings Institution, onde é diretor do Saban Center for Middle East Policy. Anteriormente, ele foi Diretor de Assuntos do Golfo Pérsico no Conselho de Segurança Nacional e passou sete anos na CIA como analista militar do Golfo Pérsico.

Daniel L. Byman é Diretor de Pesquisa do Centro Saban para Política do Oriente Médio da Brookings e professor da Escola de Serviço Estrangeiro da Universidade de Georgetown. Anteriormente, ele atuou como membro da equipe na Comissão do 11 de setembro e trabalhou para o governo dos Estados Unidos.

  • Bahrain
  • Egito
  • Governança Global e Política
  • Assuntos Internacionais
  • Líbia
  • Oriente Médio e Norte da África
  • Síria
  • Tunísia
  • Defesa dos EUA
  • Política Externa dos EUA