Considerações do mercado de trabalho para uma garantia nacional de emprego

Resumo

Apesar de uma economia americana relativamente forte no final de 2018, muitos trabalhadores continuam a ter salários estagnados e subemprego. Em resposta, intervenções políticas como salários subsidiados, treinamento e assistência na busca, aumento do emprego público e garantias federais de emprego foram propostas, mas relativamente pouco se sabe sobre como funcionaria uma garantia federal de empregos. Portanto, discutimos uma série de considerações relevantes sobre o mercado de trabalho: Quantas pessoas provavelmente participarão de uma garantia de emprego? Em que tipos de atividades laborais e não laborais a população elegível está atualmente envolvida? Que tipo de trabalho os participantes do programa fariam? Podemos esperar que os trabalhadores correspondam bem aos seus empregadores? Existem consequências indesejadas do programa para os participantes ou não participantes? Concluímos que, embora a garantia de emprego possa aumentar as taxas de emprego e a renda de muitos participantes, há uma incerteza considerável associada a seus impactos. Em particular, uma fração potencialmente muito grande, mas desconhecida, de trabalhadores que atualmente ganham baixos salários - bem como aqueles fora da força de trabalho - aceitaria uma garantia de emprego, o que significa que poderia afetar muito mais trabalhadores do que os atualmente desempregados ou subempregados.